O QUE SÃO METÁFORAS?

Metáfora não é apenas uma figura de linguagem  de acordo com a gramática da Língua Portuguesa ou tratados linguísticos.

É muito mais que um recurso estilístico. As metáforas são vivas e estão por todas as partes do nosso imaginário e da vida real.

Um dos  profissionais   que recorreu à utilização das metáforas terapêuticas  foi Milton Érickson, psiquiatra americano ( 1901-1980 ), que foi o precursor da PNL- Programação Neurolinguísitca..

O legado do Milton Erickson é de fundamental importância para o entendimento de que a nossa mente inconsciente  relaciona fatos, informação ou  conhecimento  por meio da analogia.

Milton Érickson não deixou nada escrito sobre o assunto, mas no livro “Minha voz irá contigo, de autoria do Sidney Rosen que assim declara: “Ainda que fosse óbvio que a terapia ericksoniana não consiste unicamente em contar histórias e anedotas, o certo é que um dos seus elementos fundamentais era o que eu denominei de ‘contos didáticos’. Em 1979, pouco antes de morrer, Erickson autorizou-me a escrever um livro sobre esses contos que foram narrados por ele a seus pacientes e alunos.Para aqueles que como eu acompanharam a obra de Erickson desde as décadas de 40 e 50, era gratificante saber que ele finalmente havia sido reconhecido e que seus métodos e técnicas poderiam beneficiar muito mais pessoas.”

Se formos buscar referências bibliográficas  às pesquisas acadêmicas sobre   metáfora, encontraremos uma infinidade de artigos, dissertações e teses de doutorado. Mas aqui não  focalizaremos o academicismo e, sim,   a forma empírica  de como as metáforas estão presentes no nosso cotidiano.

E a partir do momento que você  se informar, terá consciência de como utilizar a metáfora  de forma lúdica, leve e profunda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *